O início do processo de alfabetização e letramento

A criança começa seu processo de socialização com o ingresso na escola. Antes disso, seu núcleo social é basicamente o familiar. Deste processo, resulta outro; o processo de letramento, que se inicia com as estimulações feitas durante a educação infantil e culmina com o ingresso ao ensino fundamental, com a alfabetização propriamente dita. A partir daí, é aprimorado ao longo de toda a vida acadêmica e social do indivíduo.

Uma educação infantil de qualidade vai influenciar todo esse processo, uma vez que os estímulos adquiridos nesta etapa serão utilizados e aproveitados por toda a vida escolar da criança. É nesse momento que o desenvolvimento humano ocorre, a partir do entendimento do significado do mundo. Estimular nossos alunos e oferecer leituras adequadas e interessantes que produzam   uma identificação com a vivência diária de cada  um se torna muito importante, e é neste momento que formamos a consciência crítica e leitora em nossos pequenos.

A leitura não pode ser vista unicamente limitada à transmissão de conteúdos em sala de aula, mas também visa formar o hábito como aquisição de conhecimentos constantes para a vida. No Despertar, contamos com profissionais envolvidos no processo ensino-aprendizagem, principalmente os professores alfabetizadores, que buscam constantemente o aprimoramento de suas técnicas e habilidades, com o intuito de estimular nossos alunos a aprender brincando.

Tanto o domínio da escrita como o da leitura abrangem capacidades adquiridas no processo de alfabetização, incluindo desde as primeiras formas de registro alfabético até a produção autônoma de textos. É importante, no momento de construção da aprendizagem da criança, que o ambiente sala de aula seja atrativo e equipado de tal forma que sejam interessantes à elas, ativando o desejo de produzir e o prazer de estarem ali. Nossa escola conta com uma sala de leitura devidamente equipada, bem como muitos jogos que estimulam a fala e a escrita em nossos alunos. O professor, por sua vez, deverá atuar como mediador, e ser, antes de tudo, um leitor. Precisa ler para os alunos, ler com eles e saber ouvir com entusiasmo as leituras dos textos que eles próprios produzem e escolhem para ler. Nossas aulas de produção textual são semanais, e o estímulo é constante.

Acreditamos e estimulamos nossos alunos e propiciamos o melhor ensino, com o carinho e a dedicação que nossos alunos merecem.

Marcela Coutinho

Coordenadora pedagógica da Escola Despertar